Pesquisa XP/Ipespe aponta que 64% são contra realização da Copa América no Brasil

·1 minuto de leitura
Vista do estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) - Pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta sexta-feira aponta que 64% dos entrevistados declaram-se contra a realização da Copa América no Brasil.

Outros 29% responderam ser favoráveis à realização do evento no país, segundo a sondagem.

O levantamento também apontou uma relação entre a opinião e o posicionamento em relação ao governo do presidente Jair Bolsonaro.

Entre os que avaliam negativamente o governo, o percentual de desaprovação da realização da Copa América no Brasil é de 83%. Já dentro do grupo dos que avaliam positivamente o governo, percentual de desaprovação do evento é de 35%.

Da mesma forma, quando se considera a parcela dos que aprovam o campeonato no país, registra-se que 58% dos que avaliam positivamente o governo apoiam a realização da Copa, enquanto apenas 11% dos que avaliam negativamente o governo a aprovam.

A Copa América seria realizada inicialmente na Colômbia e Argentina, mas com a desistência das duas sedes, por questões políticas e da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro deu aval para que o torneio seja disputado no Brasil, apesar dos altos números de casos e mortes por Covid-19 no país.

A pesquisa realizou 1.000 entrevistas entre os dias 7 e 10 de junho e a margem de erro é de 3,2 pontos percentuais

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos