Pesquisadores alertam que um super vulcão “adormecido” na Itália pode “atingir um estado crítico”

Noticias Internacional

Um super vulcão “adormecido”, que fica perto de Nápoles, Itália, está mais perto de entrar em erupção do que os pesquisadores acreditavam – e pode ser que ele esteja se aproximando de um “estado crítico”, advertem eles.

Pesquisadores da University College London dizem que a caldeira de12 quilômetros de largura está em atividade por quase 70 anos.

Os pesquisadores analisaram a tensão da crosta que mantém o magma preso no subsolo.

“De acordo com a forma como o chão está rachando e se movendo em Campi Flegrei, acreditamos que o vulcão pode estar se aproximando de uma fase crítica, na qual qualquer agitação adicional aumentará a possibilidade de uma erupção”, disse o pesquisador Christopher Kilburn, diretor do UCL Hazard Centre.

“É imperativo que as autoridades se preparem para este evento”.

A última vez que o vulcão entrou em erupção foi em 1538 – e hoje, 500.000 pessoas vivem nas proximidades de sua caldeira.

A caldeira de Campi Flegrei se formou há 39.000 anos atrás, na maior erupção que a Europa viu nos últimos 200.000 anos.

Desde 2005, o vulcão tem passado pelo que os cientistas descrevem como uma “elevação”. As autoridades aumentaram o nível de alerta para amarelo, em 2012.

Rob Waugh

Yahoo News UK