Pesquisadores criam prédio com gravidade artificial para uso no espaço

Edifício cônico capaz de gerar sua própria gravidade artificial (Divulgação/Kajima Corporation)
Edifício cônico capaz de gerar sua própria gravidade artificial (Divulgação/Kajima Corporation)
  • Ideia é construir um protótipo na Lua até 2050;

  • Pesquisadores querem também construir uma aeronave com gravidade artificial;

  • Objetivo é facilitar a exploração espacial.

Talvez a era de colonizar o espaço esteja mais próxima do que muita gente pensa. Pesquisadores japoneses da Universidade de Kyoto em parceria com a construtora Kajima Corporation criaram um edifício capaz de gerar gravidade artificial, pensado para ser usado por humanos em Marte e na Lua.

Chamado de The Glass, o edifício tem cerca de 300 metros de altura e formato de cone, de modo que a estrutura consiga dar uma volta ao redor de si mesmo a cada 20 segundos. De acordo com os cientistas e engenheiros, esse giro é responsável por criar a mesma sensação de gravidade à que nós estamos acostumados no planeta Terra.

"Desenvolver uma instalação residencial de gravidade artificial com a Universidade de Kyoto será um momento decisivo na pesquisa espacial", disse Takuya Ohno, arquiteto e pesquisador da Kajima. "Vamos trabalhar para tornar essa pesquisa conjunta significativa para a humanidade".

O objetivo das instituições é erguer um protótipo do edifício na Lua até 2050, de modo a permitir que a exploração humana do satélite e do espaço sideral possa ser realizada de forma não só mais segura, como também mais confortável.

Os pesquisadores também querem desenvolver, a partir desses estudos, módulos de viagens interplanetárias capazes de manter uma gravidade similar à Terra, especialmente para as viagens de longa distância. As falas das equipes apontam para um desejo de criar espaçonaves capazes de manter vida humana por gerações, ao invés de viagens "curtas", para estações espaciais.

"Sem gravidade, os mamíferos podem não conseguir se reproduzir e seus bebês podem não se desenvolver bem", afirmaram os pesquisadores em comunicado oficial. "Quando uma pessoa cresce em um ambiente de gravidade zero ou baixa, seu corpo muda para que não seja capaz de ficar de pé na Terra".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos