Pesquisadores criam tecnologia para carregar celulares a 30 metros de distância

Pesquisadores criam tecnologia para carregar celulares a 30 metros de distância
Pesquisadores criam tecnologia para carregar celulares a 30 metros de distância
  • Pesquisadores da Universidade de Sejong desenvolveram um novo sistema usando luz infravermelha sem fio;

  • Por enquanto o novo sistema só consegue transferir 400 mW de potência de luz, o suficiente para carregar os sensores;

  • A expectativa é que a tecnologia seja capaz de carregar celulares e tablets no futuro.

Pesquisadores da Universidade de Sejong desenvolveram um novo sistema para transmitir energia a mais de 30 metros usando luz infravermelha sem fio.

Por enquanto o novo sistema só consegue transferir 400 mW de potência de luz, o suficiente para carregar os sensores, no entanto, mais progressos podem significar níveis suficientemente elevados para carregar diversos celulares em locais públicos.

"A capacidade de alimentar dispositivos sem fio pode eliminar a necessidade de carregar cabos de alimentação para nossos telefones ou tablets", disse o líder da equipe de pesquisa Jinyong Ha, da Universidade Sejong, na Coreia do Sul. “Ele também pode alimentar vários sensores, como os de dispositivos da Internet das Coisas (IoT) e sensores usados ​​para monitorar processos em fábricas”.

Os pesquisadores trabalharam em um novo método chamado carregamento a laser distribuído. De acordo com o comunicado de imprensa, este método fornece iluminação segura de alta potência com menos perda de luz do que métodos testados até agora.

O carregamento a laser distribuído funciona quase como os lasers tradicionais; no entanto, os componentes ópticos da cavidade do laser não são integrados em um dispositivo, mas são separados em um transmissor e um receptor.

Quando dois estão na linha de visão, uma cavidade de laser é criada entre o transmissor e o receptor no ar. Isso permite que o sistema forneça energia baseada em luz. Quando uma barreira corta a linha de visão do transmissor-receptor, o sistema muda para o modo de segurança de energia e mantém a distribuição de energia livre de riscos no ar.

"Embora a maioria das outras abordagens exijam que o dispositivo receptor esteja em uma base de carregamento especial ou estacionário, o carregamento a laser distribuído permite o auto-alinhamento sem processos de rastreamento, desde que o transmissor e o receptor estejam na linha de visão um do outro", disse Ah. “Ele também muda automaticamente para um modo seguro de entrega de baixa potência se um objeto ou uma pessoa bloquear a linha de visão”.