Pessoa com Ebola internada na França está em condição estável

Médico coloca roupa de proteção

A pessoa que trabalha para a ONU que foi internada na França depois de contrair o vírus Ebola em Serra Leoa é um "funcionário do UNICEF" que está em condição "estável", anunciou o governo francês, sem divulgar o sexo ou a identidade do paciente.

"A pedido da ONU e da Organização Mundial da Saúde (OMS), Paris repatriou em condições seguras o paciente que foi contaminado dentro de suas atividades", disse a ministra da Saúde, Marisol Touraine.

"É uma pessoa que agora está em condição estável", completou a ministra.

O paciente foi levado no sábado para um hospital militar da região de Paris, que em setembro tratou de uma voluntária francesa contaminada com Ebola na Libéria e atualmente curada.

Segundo o boletim mais recente da OMS, a epidemia de Ebola matou a 4.922 das 13.703 pessoas infectadas até 27 de outubro, principalmente na Libéria, Serra Leoa e Guiné.