"As pessoas querem consumir de forma responsável", diz carioca dona de brechó infantil em Marselha

A pandemia de coronavírus fez muita gente mudar de hábitos e imaginar o futuro de outra forma. A estilista brasileira Natalia Cordeiro tinha acabado de se instalar em Marselha, no sul da França, quando as restrições da Covid-19 alteraram seus planos. Em vez de desanimar, a carioca aproveitou a epidemia para amadurecer o projeto de abrir uma loja de roupas de segunda mão para crianças e adolescentes. Natalia participa do movimento para tornar a moda um setor sustentável.

Com o "fim" da pandemia, Natalia Cordeiro sente que as pessoas estão mais abertas à procura de produtos locais e artesanais, para consumir de maneira responsável. "Eu acho que as pessoas utilizaram muito a pandemia para refletir, para uma tomada de consciência, e vi uma janela que se abriu para mim", conta.

Em fevereiro deste ano, ela abriu a butique Le fabuleux destin (O fabuloso destino, em tradução livre) em uma charmosa rua comercial do centro de Marselha, em frente ao Palácio de Justiça. As roupas de segunda mão, os calçados e acessórios que já tiveram uma vida útil antes de chegar às araras e prateleiras do brechó vestem desde bebês até adolescentes de 16 anos.

A loja fica em uma área que passa por um processo de reabilitação de edifícios antigos. Nas ruas adjacentes ao teatro da Ópera de Marselha, prédios de habitação, escritórios, cafés, restaurantes e butiques de marca atraem moradores e turistas.

Para abrir sua empresa na França, Natalia procurou ajuda especializada, planejou cada etapa e não desanimou diante das dificuldades. A brasileira confirma a fama que os franceses têm de adorar uma burocracia. "O Brasil tem muita burocracia, mas a França tem mais, muito, muito, muito mais; foi minha principal dificuldade, eles adoram um papel", conta a carioca.


Leia mais

Leia também:
Roupas orgânicas podem até “crescer" com as crianças, mas penam a entrar no mercado
Nhobi: artista de rua brasileiro expõe telas inéditas em projeto engajado em Marselha

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos