Petro-Hernández, o duelo final para convencer os eleitores no 2º turno na Colômbia

Um esquerdista sofisticado e cada vez menos radical e um milionário franco que não rouba nem trai: Gustavo Petro e Rodolfo Hernández apelam às emoções do eleitorado no duelo final de suas estratégias para chegar à presidência da Colômbia.

Petro e Hernández, o primeiro senador e ex-guerrilheiro de 62 anos, e o outro um outsider de 77 anos sem partido nem ideologia, chegam empatados nas intenções de voto para a votação do próximo domingo.

Ambos são figuras contrárias à classe dominante e representam uma alternativa de ruptura e mudança diante do cansaço expressado nas urnas em relação aos partidos tradicionais, marginalizados pela primeira vez da disputa pelo poder.

Na reta final para o segundo turno, cada um moderou a imagem para tentar convencer os que pretendem optar pela abstenção, que representam 45% do eleitorado, em sua maioria jovens e indecisos.

Ficaram para trás os discursos em praça pública, os debates e o jogo limpo. O último round entre Petro e Hernández é disputado no campo das emoções e do descrédito do rival.

- Petro, o simples -

Antes do primeiro turno, Petro explorou suas habilidades como orador nas 100 praças que visitou. Sua proposta inclui reformas ambiciosas e complexas para, por exemplo, fortalecer o Estado, interromper a a exploração de petróleo em favor de fontes renováveis de energia e mudar o sistema previdenciário.

Diante do avanço de Hernández, que surpreendentemente recebeu 28% de votos no primeiro turno do apoio, sua estratégia de comunicação deu uma guinada para contra-atacar a linguagem simples e eficaz de seu rival.

"Nosso defeito era não sermos capazes de transmitir com mais simplicidade na linguagem à população colombiana", disse Alfonso Prada, coordenador de debates do esquerdista.

O candidato ao Pacto Histórico, coalizão de movimentos de centro e esquerda, saiu do palco e das grandes mobilizações para multiplicar suas entrevistas com a imprensa e gravar peças de propaganda com um pescador, trabalhadores do setor de mineração ou artesãos.

Um Petro dormindo na casa de moradores pobres, na cozinha ou em plantações de cana e até jogando futebol suavizou a imagem do político rígido e intelectual da primeira parte da disputa.

"Temos um Gustavo Petro e uma Francia Márquez (candidata a vice-presidente) que se comunicam de forma mais simples, que falam muito mais diretamente", segundo o estrategista.

Porém, o candidato que incentivava a política do amor foi exposto com o vazamento de vídeos editados de sua sede de campanha onde, ao lado de assessores, estabelecia estratégias para desacreditar rivais.

- Hernández, o franco -

Conhecido como o rei ou o velhinho do TikTok, onde tem quase 600.000 seguidores, Hernández engloba toda a sua proposta de combate à corrupção com um paradoxo: ele será julgado por um contrato irregular assinado em seu período como prefeito de Bucaramanga (2016-2019).

Depois de passar ao segundo turno, ele renunciou ao debate com Petro, limitou suas entrevistas e cancelou as aparições públicas na última semana, denunciando um suposto complô para assassiná-lo com uma faca.

Na última etapa da disputa, ele reforçou sua figura de capitalista pragmático que fez sua fortuna no mundo da construção e que não concorda com os políticos, por mais que expressem seu apoio.

A direita contrária a Petro cerrou fileiras ao redor do candidato independente, uma mistura de Donald Trump, Nayib Bukele e Andrés Manuel López Obrador. Deste último já anunciou que copiará suas coletivas de imprensa diárias e prometeu questionar os parlamentares que rejeitarem seus projetos.

Com três "lemas principais: não roubar, não mentir, não trair", Hernández quer resolver a "falta de dinheiro, a falta de trabalho e a falta de segurança", segundo seu estrategista.

Diante das várias gafes e comentários machistas e xenófobos, o independente quer passar a imagem de um homem comum que, por falar a verdade, pode cometer erros. Sua candidata a vice, Marelen Castillo, entrou na campanha para suavizar a imagem de Hernández diante das mulheres.

vel-lv/jss/dga/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos