Petrobras vai pagar R$ 48,5 bilhões em dividendos a seus acionistas

RIO - A Petrobras informou que seu Conselho de Administração aprovou o pagamento de distribuição de dividendos no valor de R$ 3,715490 por ação preferencial e ordinária em circulação. O valor representa um total de R$ 48,5 bilhões.

Segundo a estatal, o valor se refere a antecipação da remuneração aos acionistas relativa ao exercício de 2022, quando teve lucro recorde de R$ 106 bilhões. O valor será pago em duas parcelas: uma no dia 20 de junho e outra no dia 20 de julho.

Segundo a estatal, o dividendo proposto está alinhado à Política de Remuneração aos Acionistas, que prevê que, em casode endividamento bruto inferior a US$ 65 bilhões, a Petrobras poderá distribuir aos seus acionistas 60%da diferença entre o fluxo de caixa operacional e investimentos.

O pagamento de dividendos já era esperado por parte do mercado financeiro, que projetava distribuição entre US$ 5 bilhões e US$ 10 bilhões, com base nos resultados do ano passado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos