PF desarticula grupo criminoso no estado de Pernambuco

Karine Melo - Repórter Agência Brasil
·1 minuto de leitura

A Polícia Federal, em conjunto com a Força Nacional de Polícia Judiciária deflagrou hoje a Operação Pax Paulista. O alvo é uma organização criminosa que atua no tráfico de drogas e em crimes contra o patrimônio.

O trabalho começou com investigações sobre crimes violentos cometidos por traficantes e assaltantes ligados a presidiários, na cidade de Paulista (PE). As investigações duraram um ano e, ao final foi pedida à Justiça a prisão dos líderes da organização e dos membros encarregados do tráfico e execução dos assaltos. Parte dos investigados era responsável pelo envio de drogas e celulares a presídios, principalmente o feminino, onde uma das líderes da organização cumpre pena.

Alguns alvos foram presos durante o período das investigações, somente hoje, foram cumpridos 16 mandados de prisão preventiva, nove deles contra indivíduos que já estão cumprindo pena. Esses mandados contra presidiários foram cumpridos pelos policiais penais de Pernambuco que integraram a operação. Além disto, foram executados sete mandados de busca e apreensão, que resultaram em dois flagrantes, um por tráfico e outro por posse ilegal de arma de fogo. Os presos estão sendo indiciados com base na Lei de Organizações Criminosas, tráfico de drogas e crimes contra o patrimônio, cujas penas, somadas, podem chegar a mais de 33 anos de reclusão.