PF encontra soro com enfermeira e suspeita que empresários de MG receberam vacina falsa

CAMILA MATTOSO
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A Polícia Federal encontrou soro em endereço de uma enfermeira ligada ao caso de vacinação escondida de empresários mineiros. Ela foi levada pelos policiais e deve ser presa em flagrante. O material apreendido será encaminhado para a perícia criminal. Investigadores suspeitam que os empresários e políticos que teriam recebido as vacinas foram vítimas de uma fraude. Cada empresário teria desembolsado R$600 para receber a suposta vacina. A PF cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa da enfermeira nesta terça-feira (30) no âmbito do inquérito aberto para apurar as revelações feitas em uma reportagem da revista piauí. A enfermeira é a mesma que aparece em um vídeo gravado por um vizinho da garagem de ônibus onde supostamente empresários e políticos foram vacinados às escondidas e furando a fila de prioridades do Plano Nacional de Imunização.