PF faz ação contra tráfico de armas para grupos de extermínio do Rio

Policiais federais cumprem hoje (14) um mandado de prisão contra acusado de contrabandear peças de armas do exterior para o Rio de Janeiro. Pelo menos dez remessas de armamentos originárias da Flórida, nos Estados Unidos, foram identificadas pela Polícia Federal (PF), em um período de 20 meses, entre 2017 e 2018.

As peças eram montadas aqui no Brasil e revendidas para grupos criminosos do Rio de Janeiro, em especial para integrantes de grupos de extermínio.

De acordo com a PF, o acusado era ajudado pela filha, que mora na Flórida e que também foi indiciada por tráfico de armas.

O acusado também importava ilegalmente peças de armas da Nova Zelândia e de países asiáticos. O mandado de prisão foi cumprido dentro da Penitenciária Federal de Campo Grande (MS), onde ele já estava preso.

A PF informou que o esquema funcionou antes de ele ser preso, em 2019.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos