PF prende no Galeão homem procurado há quase três anos por não pagar pensão alimentícia

Na manhã deste domingo, dia 17, a Polícia Federal prendeu um foragido da justiça há quase três anos, acusado de não pagar pensão alimentícia, no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

O homem, de 59 anos e natural de Londrina, no Paraná, tentava embarcar em um voo comercial que faria escala em Bogotá, capital da Colômbia, com destino à cidade de Medelín.

Os Policiais Federais lotados na Delegacia Especializada do Aeroporto Internacional do Galeão (DEAIN), identificaram o homem e constataram a presença de um mandado de prisão contra ele expedido no dia 10 de setembro de 2019, pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, decorrente de descumprimento de pensão alimentícia.

A prisão ocorreu durante o controle migratório e o homem foi encaminhado à 21ª Delegacia de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos