PF prende no Maranhão homem que estava foragido havia mais de 20 anos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Foragido da Justiça desde 2000 por roubos a banco e carga, lavagem de dinheiro, além de organização criminosa, Luís Marcos de Medeiros, o Marcão, foi preso pela Polícia Federal do Maranhão nesta terça-feira (26).

Ele estava em casa com familiares, na cidade de Barreirinhas, quando policiais cumpriram um mandado de prisão expedido pela Justiça. O nome de Marcão constava na lista vermelha da Interpol, a polícia internacional.

Segundo a PF, ele usava um nome falso, identificando-se como Antônio Marcos Medeiros. Nenhum advogado se apresentou para defendê-lo, disse a polícia à reportagem, no momento da prisão.

Ele foi encaminhado para o sistema carcerário de São Luís, capital do estado, a cerca de 250 km do local da prisão.

De a acordo com o Ministério da Justiça, ele é suspeito de participação em roubos a transportadores, em 1993, e também ao então Banco Real e Banco Nacional, três anos depois.

Segundo a Justiça, também há processos em andamento contra ele em Minas Gerais. Um deles é sobre um roubo em 1998 à agência Alípio de Melo, da Caixa Econômica Federal em Belo Horizonte.

Além disso, Marcão teria participado, em 2005, de um roubo à Nestlé, em São Paulo. No Tribunal de Justiça de São Paulo, há pelo menos oito processos em seu nome, sete deles por roubo e registrados no Foro de Ribeirão Preto, e um por furto, registrado no Foro de Ribeirão Bonito.

A partir de agora, ele está à disposição da Justiça, segundo a PF.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos