PF prende 'Sheik dos Bitcoins' durante operação em Curitiba (PR)

A Polícia Federal prendeu preventivamente, nesta quinta-feira, o empresário Francisley Valdevino da Silva, conhecido como "Sheik dos Bitcoins". Ele foi detido durante uma operação em Curitiba, no Paraná. Franciscley teve a prisão preventiva decretada após descumprir medidas cautelares. Além do mandado de prisão, foram cumpridos contra o empresário dois mandados de busca e apreensão. As informações são do g1.

O "Sheik dos Bitcoins" é suspeito de estar à frente de um esquema de pirâmide financeira disfarçado de aluguel de criptomoedas. Estimativas indicam que ele teria arrecadado R$ 1 bilhão, oferecendo taxas de até 13,5% mensais. Ele respondia em liberdade sob restrições — entre elas a de determinação de que não poderia seguir comandando as empresas ou gerir qualquer negociação envolvendo interesses de seu grupo econômico.

Francis da Silva, como gosta de ser chamado, ostentava uma vida milionária e tinha entre os clientes Sasha Meneghel, filha da apresentadora de TV Xuxa, e seu marido, o cantor gospel João Figueiredo. Ele também foi sócio do pastor Silas Malafaia em empresa de venda de produtos religiosos, mas a parceria foi desfeita quando os problemas começaram.

Em agosto deste ano, a Rental Coins, operadora de criptomoedas criada por Silva entrou com pedido de recuperação judicial junto à 2ª Vara de Falências e Recuperação Judicial de Curitiba. Os advogados pediram à Justiça que, antes do deferimento do pedido, fossem suspensas temporariamente as obrigações contratuais da Rental, entre as quais o pagamento de taxas mensais aos clientes de até 13,5% do valor investido por eles no aluguel de criptomoedas para o "Sheik". A juíza Luciane Pereira Ramos decretou a falência da Rental Coins em outubro.