PF reforçará força-tarefa da Lava Jato no Rio, diz novo superintendente

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) vai reforçar o núcleo que trabalha na Operação Lava Jato no Rio. A informação foi divulgada pelo novo superintendente da corporação no estado, delegado Jairo Souza Silva. Ele tomou posse nesta quinta-feira (23), na sede da PF na região portuária do Rio.

“Recebi da direção geral duas missões especiais. A primeira é aumentar o efetivo e as condições de trabalho da equipe que apura desvios de dinheiro público, conhecida como força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro. A segunda é incrementar ações em parceria com a Secretaria de Segurança Pública no combate aos crimes violentos”, disse Silva.

Segundo integrantes da PF, atualmente trabalham na força-tarefa da Lava Jato no Rio três delegados, equipe que seria reforçada por mais dois. A solenidade teve a presença do diretor-geral da PF, Leandro Daiello, e de outras autoridades da área. Em seu discurso, Daiello reafirmou a determinação de firmar parcerias entre as polícias e de buscar o apoio do Judiciário e das Forças Armadas.

Daiello saiu sem falar com a imprensa.