Pfizer espera avançar em negociação com governo após registro de vacina contra Covid-19 na Anvisa

Pedro Fonseca
·1 minuto de leitura
Frasco e seringa em frente aos logos da Pfizer e da BioNTech em foto de ilustração

Por Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A presidente da Pfizer no Brasil, Marta Díez, disse que o laboratório espera avançar nas negociações com o governo brasileiro para a venda da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica com a parceira BioNTech, após o imunizante receber o registro definitivo da Anvisa para uso no país, nesta terça-feira.

"Ficamos muito felizes com a notícia da aprovação e gostaríamos de parabenizar a agência pela celeridade e profissionalismo que demonstrou em todas as etapas desse processo", disse Díez em comunicado da empresa.

"Esperamos poder avançar em nossas negociações com o governo brasileiro para apoiar a imunização da população do país."

Apesar do registro definitivo, o primeiro concedido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária pra uma vacina contra a Covid-19, o governo brasileiro não tem qualquer acordo de compra da vacina com a Pfizer.

O laboratório tenta negociar a venda desde junho do ano passado, mas nos primeiros contatos não teve sequer resposta -- incluindo uma carta enviada pela empresa ao presidente Jair Bolsonaro oferecendo 70 milhões de doses do imunizante.