Pfizer fornecerá mais 10 milhões de tratamentos contra Covid com comprimidos aos EUA

·1 min de leitura
Comprimidos ao lado do logo da Pfizer em foto de ilustração

(Reuters) - A Pfizer informou nesta terça-feira que o governo dos Estados Unidos vai comprar mais 10 milhões de tratamentos com comprimidos para a Covid-19 do laboratório, elevando o pedido total do governo norte-americano para 20 milhões de tratamentos.

Os detalhes do acordo ampliado não foram revelados pela empresa. Para a primeira encomenda de 10 milhões de tratamentos em novembro, o governo dos EUA havia dito que pagaria à Pfizer 5,29 bilhões de dólares.

O medicamento da Pfizer, Paxlovid, foi autorizado no mês passado para pessoas com 12 anos ou mais. Ele demonstrou ser quase 90% eficaz na prevenção de hospitalizações e mortes em pacientes com alto risco de doenças graves, de acordo com dados de ensaios clínicos.

Cerca de 10 milhões de tratamentos com Paxlovid foram acelerados para entrega até o final de junho, com a ordem restante a ser seguida até o final de setembro, disse a Pfizer.

Uma pílula antiviral rival da MSD também ganhou autorização regulatória no mês passado. O governo dos EUA tem um acordo para 5 milhões de tratamentos com a pílula, molnupiravir, a um preço de 700 dólares por tratamento.

(Reportagem de Manojna Maddipatla, em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos