Pfizer: Governo de SP diz ter recebido só metade da remessa prometida pelo Ministério da Saúde

·2 minuto de leitura
Brazil's Minister of Health, Marcelo Queiroga, poses for a photo with the mascot Ze Gotinha, symbol of Brazilian vaccination campaigns as doses of Pfizer-BioNTech vaccines against the coronavirus disease (COVID-19) arrives at Viracopos International Airport, in Campinas, Brazil April 29, 2021. REUTERS/Amanda Perobelli
O esperado pelo governo de SP era receber 20% das doses da Pfizer que chegaram ao Brasil, mas receberam apenas 10% (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
  • SP recebeu metade das doses da Pfizer esperadas, referente ao lote que chegou ao Brasil na quinta-feira

  • Governo estadual enviou um ofício ao Ministério da Saúde, solicitando o envio de mais 228 mil doses

  • Doses faltantes podem afetar o início da vacinação de adolescentes de 12 a 18 anos

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que o estado recebeu apenas 50% do contingente esperado de doses da vacina da Pfizer contra a covid-19, referente a última entrega feita pela farmacêutica. 

Segundo Doria, esse atraso pode prejudicar o início da vacinação dos jovens de 12 a 18 anos no estado, previsto para começar em 18 de agosto. São Paulo recebeu 228 mil doses do imunizante, mas esperava receber o dobro disso. 

Leia também

"O número representa 50% a menos do que o governo de São Paulo tem direito de receber dentro do PNI. A última remessa foi reduzida pela metade sem nenhuma justificativa. Decisão arbitraria. O Ministério da Saúde compromete a vacinação de crianças e adolescentes em SP previsto para iniciar no dia 17 de agosto", afirmou. 

As doses de vacina são distribuídas aos estados de forma proporcional à população. O esperado pelo governo estadual é sempre receber 20% do total de imunizantes que chegam ao país. No entanto, segundo o governo de São Paulo, as 228 mil doses recebidas representam apenas 10% do contingente. 

"Quero dizer ao ministro Marcelo Queiroga que não faremos retaliação com o seu Ministério. Hoje, entregamos 2 milhões de doses da vacina do Butantan para o Ministério da Saúde, para a vacinação de 2 milhões de brasileiros, continuaremos a entregar a vacina do Butantan dentro do prazo previsto e cumprindo rigorosamente nosso compromisso de entregar a totalidade de 100 milhões de doses até 31 de agosto. Mas, ministro, cumpra também o seu dever de entregar as doses da vacina aos brasileiros que residem em São Paulo", declarou o governador. 

O governo de São Paulo enviou um ofício ao Ministério da Saúde para receber as vacinas faltantes. 

No dia 1º de agosto, chegaram ao Brasil 2,1 milhões de doses de vacinas da Pfizer, enquanto na noite de quarta-feira (03), o país recebeu mais um milhão de doses do imunizante. 

Veja como está previsto o calendário no estado de São Paulo:

  • 30 de julho a 4 de agosto: 28 e 29 anos

  • 5 a 9 de agosto: 25 e 27 anos

  • 10 a 16 de agosto: 18 a 24 anos

  • 18 a 29 de agosto: 12 a 17 anos com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas

  • 30 de agosto a 5 de setembro: 15 a 17 anos

  • 6 a 12 de setembro: 12 a 14 anos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos