Pfizer pede autorização à Anvisa para oferecer vacina a crianças

·1 min de leitura
Vacinação contra Covid-19

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) - A Pfizer apresentou nesta sexta-feira um pedido à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para incluir crianças com idade entre 5 e 11 anos na indicação de sua vacina contra a Covid-19, informou nota da autarquia.

A farmacêutica explicou, no pedido enviado à Anvisa, que a dosagem do imunizante será ajustada e menor do que a destinada a maiores de 12 anos de idade. Com isso, a ideia é que haja frascos diferentes da vacina, com dosagens específicas a cada grupo etário, a serem diferenciados por cores.

Segundo nota da Anvisa, a análise técnica será feita "de forma rigorosa e com toda a cautela necessária para a inclusão deste público específico", em um prazo de até 30 dias.

A vacina da Pfizer já tem registro na Anvisa desde 23 de fevereiro, inicialmente para pessoas acima dos 16 anos de idade. Depois, em 11 de junho, a agência autorizou o uso para pessoas de 12 a 15 anos.

A perspectiva de aprovação de imunizantes para crianças motivou ameaças de morte a diretores da Anvisa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos