Pfizer pede autorização para aplicar vacina contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos nos EUA

·1 minuto de leitura
Oct4, 2021, Medical personnel are putting the Pfizer vaccine in syringes, in Bangkok, Thailand, on October 4, 2021 during the coronavirus vaccintion for students.  (Photo by Atiwat Silpamethanont/NurPhoto via Getty Images)
Atualmente, vacina da Pfizer é aplicada em diversas partes do mundo em jovens a partir dos 12 anos (Foto: Atiwat Silpamethanont/NurPhoto via Getty Images)
  • Pfizer e BioNTech pediram autorização para uso emergencial da vacina contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos nos Estados Unidos

  • Doses aplicadas corresponderiam a um terço da quantidade aplicada em adultos

  • Atualmente, país aplica vacina da Pfizer em jovens a partir de 12 anos

A Pfizer e a BioNTech anunciaram nesta quinta-feira (7) que pediram autorização para aplicar a vacina contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos nos Estados Unidos de forma emergencial. O pedido foi enviado ao Food and Drug Administration (FDA), órgão regulador norte-americano.

“Com os novos casos em crianças nos EUA continuando em alto nível, este envio é um passo importante em nosso esforço contínuo contra a Covid-19”, explicou a Pfizer. “Estamos empenhados em trabalhar com o FDA com o objetivo final de ajudar a proteger as crianças contra esta grave ameaça à saúde pública.”

Leia também:

Atualmente, a farmacêutica tem autorização para usar a vacina em jovens a partir de 12 anos, não só nos Estados Unidos, mas em diversos países, incluindo o Brasil.

Em 28 de setembro, a Pfizer enviou os dados sobre os testes do uso da vacina em crianças entre 5 e 11 anos. Os resultados mostram que o imunizante é seguro e induz a uma resposta imune robusta. A vacina seria aplicada em duas doses, mas com uma quantidade menor do imunizante. Enquanto os adultos recebem duas doses de 30 microgramas, as crianças de 5 a 11 anos receberiam duas doses 10 microgramas.

Os dados já enviados ao FDA ainda são preliminares e precisam ser revistados para serem publicados em revista científica.

A Pfizer e a BioNTech também planejam apresentar resultados do uso da vacina em mais dois grupos: crianças entre 2 e 5 anos e entre 6 meses 2 anos. A expectativa é que os dados sejam apresentados ainda em 2021.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos