PGR determina abertura de inquérito para responsabilizar envolvidos em invasão aos prédios dos Três Poderes

Apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro invadem prédio em Brasília

BRASÍLIA (Reuters) - O procurador-geral da República, Augusto Aras, determinou neste domingo a imediata abertura de inquérito criminal para responsabilizar os envolvidos na invasão aos prédios dos Três Poderes em Brasília

Em comunicado, Aras disse que monitora e acompanha com "preocupação os atos de vandalismo a edifícios públicos que ocorrem em Brasília" neste domingo.

"Aras mantém contato permanente com as autoridades e tem adotado as iniciativas que competem à instituição para impedir a sequência de atos de violência", informou.

"Entre as providências tomadas no dia de hoje, o procurador-geral requisitou à Procuradoria da República no Distrito Federal (PRDF) a imediata abertura de procedimento investigatório criminal visando a responsabilização dos envolvidos", completou.

(Reportagem de Ricardo Brito)