A piada de Nego Di sobre Arlindo Cruz e outras polêmicas que explicam a rejeição de 98%

O Globo
·2 minuto de leitura

Nesta terça-feira (16), o humorista gaúcho Nego Di foi eliminado no terceiro paredão do "BBB 21" com o recorde de rejeição entre todas as edições do programa: 98,76% dos votos. Seus concorrentes Sarah e Fiuk receberam, respectivamente, 0,37% e 0,87%. Mas a pergunta que paira no ar é a seguinte: foram apenas as atitudes de Nego Di dentro da casa que levaram a sua votação expressiva?

A verdade é que, após o confinamento do humorista, vieram à tona aqui fora diversas polêmicas envolvendo-o. Uma das mais intensas diz respeito a um vídeo de 2019 em que Nego Di, num programa de rádio, debocha das sequelas sofridas pelo sambista Arlindo Cruz, vítima de um AVC há quatro anos.

Com a entrada do gaúcho no programa, o vídeo viralizou e gerou a revolta de Arlindinho Cruz, filho do cantor, que prometeu processar Nego Di.

No Instagram, Arlindinho disse: "Eu lhe entrego nas mãos de Xangô, Nego. Justiça vai ser feita e da forma mais severa, espero nunca mais ter o desprazer de te encontrar em algum lugar, pois aí a conversa vai mudar de tom. Assim que você sair da casa, tomaremos as atitudes cabíveis, mexeu com a pessoa errada e com a família da pessoa errada! Que nojo!".

Até mesmo o Império Serrano, escola da qual Arlindo é um dos grandes baluartes, emitiu uma nota de repúdio criticando veementemente o teor da "piada" feito por Nego Di.

"O Império Serrano, como uma escola de samba embasada nos princípios de respeito às raízes familiares e moralidade, demonstra total apoio e solidariedade à família Cruz, ao ponto que pede providências aos órgãos competentes", diz a nota da agremiação, que fez campanha aberta para a eliminação do humorista no paredão.

Mas as polêmicas envolvendo Nego Di não param por aí. Desde o anúncio de sua participação no "BBB 21", outras situações delicadas envolvendo o humorista de 26 anos ganharam luz.

Uma delas diz respeito à participação de Nego em uma live em que minimizou a fala de um influenciador, que havia sido criticado por suposta apologia ao estupro.

Em outro incidente, Nego Di gravou um vídeo ameaçando o youtuber Diogo Defante, que havia feito uma piada sobre o participante do "Big Brother". "Sou suspeito para falar porque já peguei nojo, já peguei ranço desse cara e, se tu tiver vendo esse vídeo, que eu sei que tu vai ver esse vídeo, se eu te achar, eu vou te dar uma pauleira. Vou começar por aí. Ah, vai me processar? Me processa, que eu te dou outra pauleira por cima", diz Nego Di no vídeo.

Nem mesmo o reality do qual se tornou participante foge do currículo turbulento de Nego Di. Durante a o "BBB 20", o gaúcho chegou a acusar o programa de manipulação após a saída de Felipe Prior no paredão contra Manu Gavassi. Em outra postagem, Nego Di chama Thelma, campeã da edição, de "Nega Maju, vendida".