Piloto brilha no mesmo circuito em que perdeu as duas pernas

Arquivo/AP

O piloto inglês Billy Monger teve uma experiência de superação neste final de semana. Ele voltou ao circuito de Donnington Park, no qual perdeu as duas pernas em acidente no ano passado, e fechou uma prova da F-3 inglesa em quarto lugar.

O drama de Monger começou em 2017. Aos 17 anos, ele era um piloto em ascensão no automobilismo quando se chocou com força na traseira de um rival durante prova da F-4 e se viu obrigado ao amputar as duas pernas. Mesmo assim, recusou-se a abandonar a carreira.

Monger começou então uma campanha de arrecadação de fundos para sua recuperação e contou com a contribuição, entre outros, de Jenson Button e Lewis Hamilton. Hoje, ele corre com um carro adaptado às suas necessidades.

Na corrida deste final de semana, Monger fez a pole position e largou em primeiro lugar. Na prova, ele chegou a cair para o sexto lugar, mas fez uma corrida de recuperação e terminou em quarto.