Piloto iniciante pousa avião em rodovia nos EUA após falha no motor

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um piloto com pouca experiência de voo precisou fazer um pouso de emergência em uma rodovia nos Estados Unidos, depois que a aeronave apresentou falhas no motor. A manobra, no condado de Swain, na Carolina do Norte, foi bem-sucedida e não deixou feridos.

Vincent Fraser, 31, passeava com o sogro quando, de repente, o motor do avião começou a perder potência até parar completamente em cima de um parque nacional. "Foi quando percebi que havia algo seriamente errado", disse o piloto ao jornal americano The Washington Post.

Eles estavam a 5.500 pés acima do nível do mar, planando sobre montanhas e bosques. Mas Fraser, que tem apenas cem horas de experiência de voo, não entrou em pânico. Em vez disso, ele examinou a lista de verificação de emergência e reiniciou o motor, que não retomou a força total.

Fraser, então, disse que eles precisavam encontrar um lugar para pousar. O sogro, incrédulo, riu e pensou que se tratava de uma brincadeira. Em menos de dois minutos e meio, apesar do susto, a aeronave foi levada com sucesso ao asfalto sem que ninguém se ferisse.

O voo aconteceu no dia 3 de julho. Toda a ação foi registrada e divulgada nas redes sociais. No vídeo, é possível ver a aeronave sobrevoando carros e também passando perto de fios de alta tensão antes de parar completamente. Mais tarde, Fraser soube que o combustível de uma das asas parou de fluir para o motor, o que causou a falha.

"Que trabalho excelente e sem ferimentos", afirmou o xerife do condado de Swain, Curtis Cochran. "Havia tantas coisas que poderiam ter sido catastróficas, mas não aconteceram."

Fraser, que quer se tornar piloto comercial, já trabalhou como comissário de bordo e conseguiu sua licença de piloto particular em outubro. Pouco depois, ele comprou o avião que pousou na estrada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos