Piloto Latifi deixará Williams no final da temporada de F1

Piloto canadense Nicholas Latifi em Monza

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O piloto canadense Nicholas Latifi deixará a Williams quando seu contrato terminar no final da temporada, anunciou a equipe de Fórmula 1 nesta sexta-feira.

Latifi, em sua terceira temporada na Fórmula 1, é o único piloto do atual grid de largada que ainda não marcou ponto em 16 corridas até agora este ano. Ele tem um total de sete pontos na carreira em 55 provas.

A Williams, antiga campeã mas que agora ocupa a última posição na classificação de construtores, já confirmou o piloto tailandês Alex Albon para 2023.

"Embora não tenhamos alcançado os resultados juntos que esperávamos, ainda foi uma jornada fantástica", disse Latifi em comunicado agradecendo à equipe por seu tempo com eles.

"Conseguir os primeiros pontos na Hungria no ano passado foi um momento que nunca esquecerei e passarei para o próximo capítulo da minha carreira com lembranças especiais do meu tempo com esta equipe dedicada."

"Sei que nenhum de nós vai parar de se esforçar até o final da temporada", completou.

O chefe da equipe, Jost Capito, elogiou um "grande participante de equipe" que é querido e respeitado no esporte.

A notícia da saíde do piloto canadense abre formalmente outro lugar em um mercado de pilotos incomumente animado, com muitos candidatos.

(Reportagem adicional de Manasi Pathak em Bengaluru)