Piloto suspeito de crime rouba avião, bate e se suicida

Um piloto americano suspeito de assassinato roubou um avião e bateu contra um prédio do aeroporto de Utah, antes de cometer suicídio, informou a imprensa local nesta terça-feira.

"Durante a madrugada, quando o aeroporto estava fechado, um avião da SkyWest no Aeroporto Municipal de Saint George, em Utah, foi envolvido em um incidente em terra, quando a nave não estava em serviço", disse um porta-voz da empresa aérea.

O avião foi roubado por Brian Joseph Hedglin, 40 anos, que era procurado no Colorado pela morte de sua ex-companheira Christina Cornejo, segundo a rede de televisão ABC4.

A rede de televisão revelou que Hedglin cometeu suicídio após bater o avião no prédio do aeroporto.

Hedglin, que namorou Corjejo durante cerca de quatro anos, foi detido em março passado por assédio sexual à uma mulher de 39 anos, segundo a Colorado Springs Gazette.

Carregando...

Siga o Yahoo Notícias