Pilotos e advogado de SC são presos com 500 mil dólares em avião privado

Dólar (Foto: Getty Images)
Dólar (Foto: Getty Images)

Dois pilotos de Itapema e um advogado de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, foram presos na Argentina em um avião privado com cerca de 500 mil dólares em espécie, informou o portal g1 nesta sexta-feira (15). O Ministério das Relações Exteriores disse que acompanha o caso.

De acordo com o jornal Clarin, o dinheiro estava escondido no corpo de um dos tripulantes e embaixo dos bancos do avião.

A aeronave é de uma empresa de Itapema, que tem empreendimentos em Balneário Camboriú, no litoral catarinense.

Em nota enviada ao portal g1, a construtora disse que "a empresa Rosecon esclarece que a situação já está sendo resolvida pelo seu setor jurídico e que as pessoas envolvidas prestaram os devidos esclarecimentos para a autoridade policial e já retornaram as suas atividades comerciais".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos