'Briga' entre abelhas e pinguins termina com 63 mortos de espécie ameaçada de extinção

·2 minuto de leitura
Pinguins africanos se abraçam em Boulders Beach, na Cidade do Cabo
Especialistas disseram que foi o primeiro caso do tipo de que se tem notícia

Sessenta e três pinguins africanos ameaçados de extinção foram mortos por um enxame de abelhas em um caso raro perto da Cidade do Cabo, uma das maiores cidades da África do Sul, segundo profissionais que trabalham com a preservação de aves na região.

Os pinguins protegidos, que viviam em uma colônia em Simonstown, foram encontrados com várias picadas de abelha. Não havia outros ferimentos nos animais, segundo os relatos.

Funcionários de parques nacionais disseram à BBC que este foi o primeiro ataque do tipo que se tem notícia na mundialmente famosa Boulders Beach, que atrai cerca de 60 mil visitantes por ano.

"Em geral, os pinguins e as abelhas coexistem", explica Alison Kock, bióloga marinha da agência de parques nacionais da África do Sul (SANParks). "Abelhas não picam a menos que sejam provocadas. Estamos trabalhando com a suposição de que um ninho ou colmeia na área foi perturbado e fez com que uma massa de abelhas fugisse do ninho, virasse um enxame e se tornassem agressivas."

Segundo essa explicação, "infelizmente as abelhas encontraram um grupo de pinguins em seu caminho de voo."

Várias abelhas mortas foram encontradas no local, e autópsias apontaram que os animais foram picados ao redor dos olhos.

Um pinguim morto também foi encontrado há poucos dias na cidade vizinha Fish Hoek. Ele também havia sofrido várias picadas de abelha, de acordo com o SANParks.

"Esta é uma ocorrência muito rara. Não esperamos que aconteça com frequência. Foi um acaso", afirma o veterinário David Roberts, da Fundação para a Conservação das Aves Costeiras da África Austral, em entrevista à agência de notícias AFP.

pinguins africanos na boulder beach
Populações de pinguins africanos estão diminuindo rapidamente

De todo modo, autoridades sul-africanas disseram em comunicado que ainda estão conduzindo testes de toxicidade e de doenças nas aves para chegar a conclusões definitivas sobre o caso. Afirmam, ainda, que a situação está sendo monitorada de perto.

Conhecidos pelo tamanho diminuto, os pinguins africanos vivem na costa e nas ilhas da África do Sul e da Namíbia, embora alguns tenham sido vistos no extremo norte do Gabão.

Suas populações estão diminuindo rapidamente, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza. Acredita-se que a escassez de alimentos causada pela pesca comercial e a chamada "flutuação ambiental" sejam as principais causas.

As abelhas do Cabo também fazem parte do ecossistema local, que possui várias áreas de conservação.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos