Pintado por Kobra, mural de R$ 400 mil desmancha em quatro meses em Boa Vista

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Imagem do mural antes de se desfazer - Foto: Prefeitura de Boa Vista
Imagem do mural antes de se desfazer - Foto: Prefeitura de Boa Vista
  • Mural foi inaugurado em dezembro

  • Desde então, a pintura ficou totalmente desgastada

  • Kobra prometeu enviar uma equipe ao local para retoque

Um mural de autoria do artista brasileiro Eduardo Kobra desmanchou após apenas quatro meses de sua inauguração em Roraima. Ele está localizado em um muro do Parque do Rio Branco, em Boa Vista.

Leia também

A obra é assinada pelo artista reconhecido internacionalmente e mostra uma iguana gigante em um fundo colorido. De acordo com dados do Diário Oficial do Município (DOM), ela custou R$ 400 mil à prefeitura.

Procurada pelo G1, a administração da cidade considerou que o estrago pode ter sido ocasionado pela exposição ao sol e o excesso de chuvas na capital nas últimas semanas, o que teria aumentado a umidade do muro.

O artista Eduardo Kobra, autor do mural - Foto: Reprodução/Instagram
O artista Eduardo Kobra, autor do mural - Foto: Reprodução/Instagram

Também em contato com o site, Kobra explicou que este desgaste excessivo é incomum, mas que enviará uma equipe ao local para fazer os reparos necessários na próxima semana.

Inauguração polêmica

A obra de Kobra está ao lado de outras 33 que compõem os muros do parque com o tema “nosso rio, nossa história, nossas famílias”.

Todas as pinturas estão expostas desde a inauguração do parque, em dezembro do ano passado. O evento causou polêmica por ter gerado aglomeração com pessoas sem máscaras e sem respeitar o distanciamento social.