Pirassunga (SP) vai decretar estado de calamidade após temporal com granizo destelhar casas, causar alagamentos e derrubar árvores

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO — O prefeito de Pirassunga, em São Paulo, anunicou na tarde de domingo que pretende decretar estado de calamidade pública após um temporal com granizo no sábado causar estragos por toda a cidade. Segundo Dimas Urban, o município "nunca registrou algo tão violento".

— A cidade inteira sofreu. Centenas de árvores caídas. A prefeitura está embaixo d'água, tudo em curto. Nós tivemos que desligar toda a energia do quarteirão sob o risco de incêndio. A princípio, não tivemos nem como fazer o decreto, na realidade, porque não tinha como imprimir. Estou decretando. Estou em contato com São Paulo — disse Urban em vídeo publicado na página oficial da prefeitura em uma rede social.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos