PIS/Pasep: saiba se você tem direito ao abono e quanto receberá

·2 min de leitura
Para receber o PIS/Pasep, é necessário se enquadrar em uma série de condições
Para receber o PIS/Pasep, é necessário se enquadrar em uma série de condições

(Getty Images)

  • Governo confirma datas de pagamento do abono PIS/Pasep;

  • Pagamentos começam dia 8 de fevereiro para setor privado e 15 de fevereiro para setor público;

  • Valor mínimo é de R$ 101 e máximo de R$ 1.212.

O governo federal confirmou, nesta segunda-feira (10), o calendário de pagamentos do abono PIS/Pasep. Trabalhadores do setor privado devem começar a receber a partir de 8 de fevereiro, enquanto funcionários do setor público retiram os valores a partir do dia 15 do mesmo mês.

Leia também:

Vale ressaltar que o PIS – destinado ao setor privado – é pago na Caixa Econômica Federal. Todas as informações podem ser obtidas a partir do dia 1º de fevereiro pelo telefone 0800-726-02-07, pelo site http://www.caixa.gov.br/abonosalarial/ou via app Caixa Trabalhador.

Já o Pasep – do setor público – é retirado por meio do Banco do Brasil. Os valores são encontrados no site www.bb.com.br/pasep, nos caixas eletrônicos e nas agências do banco. A data de início das consultas ainda não foi divulgada.

Como saber se tenho direito ao PIS/Pasep?

Conforme divulgado pelo g1, para retirar o benefício, é necessário:

  • Ter recebido por pelo menos 30 dias de trabalho em 2020

  • Ter trabalhado com carteira assinada em 2020

  • Ter recebido até no máximo dois salários mínimos mensais em 2020

  • Atualização dos dados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) por parte do empregador

  • Estar inscrito no PIS-Pasep há pelo menos 5 anos

Entretanto, não têm direito ao abono os trabalhadores: domésticos, rurais empregados por pessoas físicas, urbanos empregados por pessoas físicas, empregados por pessoas físicas equiparadas a jurídicas.

Quanto recebo de PIS/Pasep?

O valor varia de R$ 101 – quantia recebida por quem trabalhou apenas um mês – a R$ 1.212 – valor do atual salário mínimo, pago a quem trabalhou ao longo dos 12 meses.

Confira abaixo a relação entre meses trabalhados e valores do benefício:

  • 1 mês trabalhado – R$ 101

  • 2 meses trabalhados - R$ 202

  • 3 meses trabalhados - R$ 303

  • 4 meses trabalhados - R$ 404

  • 5 meses trabalhados - R$ 505

  • 6 meses trabalhados - R$ 606

  • 7 meses trabalhados - R$ 707

  • 8 meses trabalhados - R$ 808

  • 9 meses trabalhados - R$ 909

  • 10 meses trabalhados - R$ 1.010

  • 11 meses trabalhados - R$ 1.111

  • 12 meses trabalhados - R$ 1.212