Pix: vazamento de dados expõe 160 mil chaves da Acesso

·1 min de leitura
Aqueles que tiveram suas informações divulgadas do Pix serão contatados somente pelo aplicativo da Acesso ou via internet
Aqueles que tiveram suas informações divulgadas do Pix serão contatados somente pelo aplicativo da Acesso ou via internet banking

(Getty Images)

  • Banco Central informa vazamento de chaves Pix

  • Cerca de 160 mil pessoas foram afetadas

  • Não houve vazamento de informações sensíveis, como senhas, saldos e movimentações

O Banco Central informou, nesta sexta-feira (21), que ocorreu um vazamento de dados pessoais de chaves Pix. Em nota, explicou que nenhuma informação sensível – como senhas, saldos e informações de movimentações financeiras – foi exposta.

Leia também:

As chaves são da Acesso Soluções de Pagamentos e vazaram entre 3 e 5 de dezembro do ano passado. Cerca de 160,1 mil pessoas foram afetadas, sendo que os dados incluem nome de usuário, CPF, instituição de relacionamento, número da agência e conta.

Aqueles que tiveram suas informações divulgadas serão contatados pelo aplicativo da Acesso ou via internet banking. O Banco Central esclareceu que nenhuma comunicação será enviada por e-mail, telefone mensagem ou SMS.

Além disso, garantiu que irá apurar o caso e poderá aplicar as devidas sanções previstas no regulamento do Pix.

Esta não é a primeira vez que chaves Pix são vazadas. O primeiro caso aconteceu em setembro de 2021, no banco Banese. As chaves são usadas para identificação das contas e para permitir as transações. Podem ser um número de telefone, CPF/ CNPJ, e-mail ou combinação de números e letras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos