Planetário cria sessões inclusivas para pessoas com deficiências intelectuais e mentais

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A partir deste sábado (16), o Planetário do Rio, na Gávea, terá sessões mensais dedicadas a pessoas com deficiências intelectuais e mentais, começando sempre às 10h30m. Para tornar o projeto possível e oferecer conforto a estes visitantes, a Cúpula Carl Sagan passa por adaptações na iluminação e no som. As sessões inclusivas contarão com projeção de filmes e instrução de um astrônomo.

O Planetário já realiza visitas para pessoas com deficiência ao seu Museu do Universo, com acesso exclusivo às exposições e a experimentos interativos. Nos sábados em que houver sessões inclusivas na cúpula, estas visitas ocorrerão às 10h. A nova iniciativa obedece à Lei Municipal nº 6.278, de 21 de Novembro de 2017, que institui horário exclusivo para visitação de pessoas com deficiências intelectuais e/ou mentais em museus e casas culturais do município.

O Planetário do Rio fica na Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100, na Gávea. Os ingressos para pessoas com deficiência estão à venda no link planeta.rio/inclusivo. Há meia-entrada para a pessoa e um acompanhante.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos