Plano de Moro de mudar Judiciário causa perplexidade, diz coordenador do Prerrogativas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Sergio Moro
    Jurista brasileiro, ex-Ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 07.12.2021: PODER - POLITICA - Sérgio Moro lança o livro
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 07.12.2021: PODER - POLITICA - Sérgio Moro lança o livro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Coordenador do grupo jurídico Prerrogativas, o advogado Marco Aurélio de Carvalho critica a proposta do pré-candidato a presidente Sergio Moro (Podemos) de fazer mudanças no Judiciário.

"Causa espécie, perplexidade, espanto e risos. Justo ele, que a pretexto de combater a corrupção, corrompeu o sistema de Justiça".

O ex-ministro montou um grupo de especialistas na área jurídica, que devem formular uma proposta para seu programa de governo.

Na quarta (12), Moro encontrou-se com os professores de direito da FGV (Fundação Getulio Vargas) Luciano Benetti Timm e Joaquim Falcão e com o desembargador aposentado e professor da PUC (Pontifícia Universidade Católica) do Paraná, Vladimir Passos.

Falcão, que também é membro da ABL (Academia Brasileira de Letras), é o coordenador da equipe.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos