Plataformas de conteúdo da China prometem mais autodisciplina, diz grupo da indústria

XANGAI (Reuters) - Plataformas de conteúdo chinesas como o Weibo e a Tencent Video concordaram em aplicar mais autodisciplina para manter um ambiente cibernético “limpo”, afirmou uma associação da indústria afiliada ao governo neste sábado.

Reguladores chineses fecharam o cerco em torno do que chamaram de cultura de celebridades “caótica” após uma série de escândalos envolvendo artistas. As autoridades impediram plataformas de publicar listas de celebridades populares e ordenaram que fã-clubes fossem regulados.

A Associação Chinesa de Artes Cênicas afirmou que se reuniu na sexta-feira com representantes das plataformas, que prometeram promover apenas conteúdo “saudável” com valores positivos, que evitariam usar dados e tráfego como seus guias principais e parariam de encorajar “hype falsa”.

Catorze plataformas assinaram a promessa, disse a Associação em um comunicado pelo WeChat, incluindo a plataforma de vídeos curtos Douyin, a versão chinesa do TikTok, e o agregador de notícias Jinri Toutiao, ambos da ByteDance.

A Tencent afirmou em sua conta oficial no Weibo que trabalharia para criar uma cultura online limpa e correta. O Weibo e a ByteDance não responderam imediatamente ao pedido por comentário.

As plataformas vão fortalecer o gerenciamento de contas e restringiriam as que espalham fofoca sem fundamento sobre estrelas ou geram conflitos entre grupos de fãs, disse a Associação. Elas também vão encorajar usuários a denunciar conteúdo ilegal.

“As plataformas participantes chegaram a um consenso que, para manter um ambiente cibernético limpo e fortalecer a construção de conteúdo cultural online, as empresas precisam conduzir uma autodisciplina mais proativa”, afirmou a entidade.

(Reportagem de Brenda Goh)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos