Plataformas precisam de regras claras contra informações falsas, diz Barroso

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Presidente do TSE, Luís Roberto Barroso
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, afirmou nesta quarta-feira que as plataformas da internet e das redes sociais precisam ter regras claras para impedir a divulgação de informações falsas.

Em evento da XP Investimentos, Barroso, que também é ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) disse que as plataformas têm de explicitar nos termos de uso o que é proibido fazer e proativamente retirar do ar tudo o que seja discurso de ódio, claramente mentiroso ou anticientífico.

Segundo Barroso, é preciso que haja parcerias com as mídias sociais porque senão elas vão ser usadas para o desvirtuamento da democracia.

O presidente do TSE disse que nas eleições municipais do ano passado houve uma campanha de esclarecimento a fim de enfrentar as campanhas de desinformação.

(Reportagem de Ricardo Brito)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos