Platini se torna conselheiro do sindicato mundial de jogadores

O ex-jogador francês Michel Platini durante uma cerimônia de premiação, 22 de novembro de 2019 em Nice

O ex-presidente da Uefa Michel Platini se tornou conselheiro pessoal de Philippe Piat, presidente do Fifpro, informou nesta quarta-feira o sindicato mundial de jogadores de futebol.

"Levando em consideração sua aura, suas aptidões pessoais, seu conhecimento e os cargos que já ocupou, é alguém importante que será escutado no mais alto nível", informou Piat, confirmando uma informação do diário esportivo L'Equipe.

Platini havia sido suspenso de qualquer atividade ligada ao futebol por oito anos em dezembro de 2015 por um pagamento polêmico que recebeu de Joseph Blatter, na época presidente da Fifa, no valor de 1,85 milhão de euros. Após recorrer, a suspensão foi reduzida para quatro anos pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

Presidente da Uefa entre 2007 e 2015, Platini, um dos maiores jogadores da história do futebol francês, terminou de cumprir a suspensão em outubro.