PM atira em empresário que ajudava vítimas de roubo, e assaltantes fogem

Rafael Soares

Um sargento do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) da PM atirou num empresário enquanto ele tentava ajudar vítimas de um roubo, em Macaé, no Norte Fluminense. A Corregedoria da corporação investiga o caso, que aconteceu na noite do último dia 1º, no bairro Praia Campista. O policial confundiu o homem, de 42 anos, com um dos criminosos que haviam acabado de assaltar duas mulheres na frente de uma boate próxima. Com a confusão, os assaltantes conseguiram fugir numa moto. A Corregedoria da corporação investiga o caso.

O empresário testemunhou o roubo e tentava interceptar a dupla de criminosos com seu carro quando foi alvo dos disparos do agente, que está na PM há 18 anos. Ele foi atingido por três tiros — na nunca, de raspão, nas costas e no braço —, todos feitos pelas suas costas, de trás para a frente do veículo. O carro, um Gol, teve os vidros traseiro e dianteiro, bancos e retrovisor perfurados pelos disparos. O empresário foi socorrido ao Hospital Público Municipal de Macaé e foi liberado durante a madrugada.

— Eu sou e sempre fui um grande defensor da polícia. Acho que a sociedade precisa apoiar as pessoas que arriscam a vida para nós proteger. Mas se ele errou, tem que pagar. Ele poderia ter matado um inocente — afirmou o empresário, que não quis se identificar por medo de represálias.

Na 123ª DP (Macaé), onde o registro de ocorrência foi elaborado, o PM não assumiu o erro: o sargento alegou que atirou “para não ser atropelado” pelo empresário. O agente afirmou, em seu depoimento, que estava numa viatura atendendo outra ocorrência com um colega quando “foi informado por populares que um Gol havia sido tomado de assalto ali próximo e estava em fuga na direção dos policiais”.

Os dois PMs desembarcaram da viatura e avistaram o carro, que, segundo o sargento, “foi em direção da equipe em alta velocidade, sendo dada ordem de parada ao condutor, que não atendeu”. Por fim, o agente disse que, “para não ser atropelado, ele se jogou para trás e efetuou cinco disparos com a pistola em direção ao veículo”.

Advogado estuda processo

O sargento não explicou, em seu depoimento, porque os tiros foram disparados pelas costas. Não foi encontrada nenhuma arma com o empresário — que, logo que saiu do veículo, explicou que tentava ajudar as vítimas de roubo.

O empresário diz que viu o carro da PM há cerca de 50 metros de onde estava quando foi alvo dos disparos. Ele acredita que o agente pode ter se enganado sobre o veículo usado pelos assaltantes quando foi acionado por testemunhas do roubo. Na delegacia, o caso foi registrado como “Fato Atípico” — quando não o delegado não interpreta que houve crime — e tanto os PMs como o empresário foram liberados. Entretanto, a 6ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM), em Campos, abriu uma investigação e quer ouvir a versão do empresário.

Ricardo Monteiro, advogado da vítima, avalia a possibilidade de processar o Estado pelo crime.

— O erro do agente está claro — diz.

  • Filha de Steven Spielberg anuncia carreira de atriz pornô
    Notícias
    O Globo

    Filha de Steven Spielberg anuncia carreira de atriz pornô

    Jovem de 23 anos disse ter feito escolha 'positiva e empoderadora'

  • Família de Gugu diz que viúva reclama de herança, mas tem investimentos em clube de futebol
    Notícias
    Folhapress

    Família de Gugu diz que viúva reclama de herança, mas tem investimentos em clube de futebol

    Segundo pela assessoria de Gugu apesar dos comentários sobre estar passando dificuldades financeiras, Rose tem uma casa avaliada em torno de R$ 6 milhões

  • Com salário de R$ 42 mil mensais, subprocurador reclama de remuneração: "já não chega ao final do mês"
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Com salário de R$ 42 mil mensais, subprocurador reclama de remuneração: "já não chega ao final do mês"

    O subprocurador Nívio de Freitas Silva Filho se queixou diretamente a Augusto Aras, Procurador-Geral da República, de sua remuneração. Ele se disse “muito preocupado” em ter condições para seguir no cargo

  • Em live, Bolsonaro diz que deputado Hélio Negão deu uma "queimadinha"
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Em live, Bolsonaro diz que deputado Hélio Negão deu uma "queimadinha"

    Na live, Bolsonaro estava acompanhado do ministro Onyx Lorenzoni, da Cidadania, e de uma intérprete de libras

  • Focado no Flamengo, Jesus recusa convite para o carnaval, mas vai definir sobre folga a atletas
    Notícias
    Extra

    Focado no Flamengo, Jesus recusa convite para o carnaval, mas vai definir sobre folga a atletas

    Jorge Jesus ainda vai resolver se dará folga aos jogadores do Flamengo no domingo de carnaval. O...

  • Bella Thorne, ex-atriz da Disney, se veste de freira para filme após anunciar carreira pornô
    Notícias
    Extra

    Bella Thorne, ex-atriz da Disney, se veste de freira para filme após anunciar carreira pornô

    Após anunciar sua entrada na indústria pornô há alguns meses, a americana publicou uma foto vestida de freira para filme

  • Sobe para 110 número de soldados feridos em ataque no Iraque contra base dos EUA
    Notícias
    AFP

    Sobe para 110 número de soldados feridos em ataque no Iraque contra base dos EUA

    O total de soldados dos Estados Unidos que sofreram lesões cerebrais traumáticas após o ataque de mísseis lançado pelo Irã contra uma base militar americana no Iraque no mês passado aumentou para 110, informou o Pentágono nesta sexta-feira.

  • O brutal assassinato após tortura de menina de 7 anos que chocou o México
    Notícias
    BBC News Brasil

    O brutal assassinato após tortura de menina de 7 anos que chocou o México

    Caso gerou indignação por atuação de autoridades em um país onde há oficialmente mais de 60 mil pessoas desaparecidas.

  • Eduardo Bolsonaro: Governo tem plano para atrair fábrica da Tesla para o Brasil
    Notícias
    O Globo

    Eduardo Bolsonaro: Governo tem plano para atrair fábrica da Tesla para o Brasil

    Em rede social, deputado diz ter participado de videoconferência com ministros sobre assunto

  • Sírio distrai filha com gargalhadas durante bombardeios: 'Ela não sabe o que é guerra'
    BBC News Brasil

    Sírio distrai filha com gargalhadas durante bombardeios: 'Ela não sabe o que é guerra'

    Ataques aéreos e bombardeios diários na Síria levaram pai a criar brincadeira para ajudar filha a lidar com tensão de viver em zona de guerra.

  • Manuela Dias fala das viradas em 'Amor de mãe': 'Todos terão seus grandes momentos'
    Notícias
    Extra

    Manuela Dias fala das viradas em 'Amor de mãe': 'Todos terão seus grandes momentos'

    Autora de "Amor de mãe", Manuela Dias usou as redes sociais para anunciar novas grandes viradas na...

  • Italiano morre por coronavírus, e OMS alerta sobre casos atípicos fora da China
    Notícias
    AFP

    Italiano morre por coronavírus, e OMS alerta sobre casos atípicos fora da China

    O número de novos casos de infecção por coronavírus na China diminuiu no sábado, mas dobrou na Coreia do Sul, enquanto na Itália, onde algumas cidades estão entrincheiradas, foi registrada a primeira morte de um europeu infectado pela doença, um cenário que preocupa a OMS.

  • Vistos negados pelos EUA crescem 45% em um ano; brasileiros relatam medo e humilhação em prisões na fronteira
    Notícias
    Reuters

    Vistos negados pelos EUA crescem 45% em um ano; brasileiros relatam medo e humilhação em prisões na fronteira

    BRASÍLIA (Reuters) - O acúmulo de dívidas e o fim de um contrato de trabalho levaram a professora Graziele Soares, 35 anos, a tentar cruzar a fronteira do México para viver nos Estados Unidos, como fez uma irmã dela há 16 anos. Presa ao tocar o solo norte-americano, a brasileira relata "os piores dias" de sua vida no processo de deportação ao Brasil, um risco crescente para os que, sem visto, decidem arriscar a sorte.

  • Por que os filmes sobre o caso Suzane Von Richthofen se tornaram alvos de polêmica nas redes
    Notícias
    BBC News Brasil

    Por que os filmes sobre o caso Suzane Von Richthofen se tornaram alvos de polêmica nas redes

    Produções serão lançadas em abril e foram criticadas por contarem a história de crime brutal em 2002 que chocou o país e teve grande repercussão.

  • Por WhatsApp, Witzel convida Bolsonaro para assistir a desfiles do carnaval no seu camarote
    Notícias
    Extra

    Por WhatsApp, Witzel convida Bolsonaro para assistir a desfiles do carnaval no seu camarote

    Ao fim de uma entrevista concedida ao GLOBO, nesta quarta-feira, o governador Wilson Witzel (PSC)...

  • Briga de Mari Gonzalez e Rafa Kalimann começou fora do 'BBB20' por exclusão em viagem
    Notícias
    Extra

    Briga de Mari Gonzalez e Rafa Kalimann começou fora do 'BBB20' por exclusão em viagem

    Rafa Kalimann não entrou no "Big Brother Brasil 20" com pendências para resolver apenas com Bianca...

  • Notícias
    O Globo

    Tóquio critica sugestão de Londres receber Olimpíada de 2020

    Candidato a prefeiro de Londres disse que cidade poderia substituir Tóquio

  • Evo reage à impugnação de candidatura e volta a colocar lisura de pleito em dúvida
    Notícias
    Folhapress

    Evo reage à impugnação de candidatura e volta a colocar lisura de pleito em dúvida

    BUENOS AIRES, ARGENTINA (FOLHAPRESS) - Um dia depois de o Supremo Tribunal Eleitoral da Bolívia impugnar sua candidatura ao Senado, Evo Morales convocou a imprensa nesta sexta-feira (21) para reagir à decisão.  Em Buenos Aires, onde vive na condição de refugiado, o ex-presidente afirmou que "não há garantia de uma eleição limpa e transparente" e que a Bolívia "vive uma ditadura que responde ao poder dos EUA". Evo renunciou em novembro, pressionado pelas Forças Armadas e por manifestações, após um pleito marcado por denúncias de fraude e que indicavam a conquista de um quarto mandato pelo líder indígena. Na entrevista coletiva desta sexta, ele argumentou que suas atitudes após deixar a Presidência "foram para o bem da Bolívia", mesmo que, segundo ele, tenha vencido a eleição.  "Ainda assim eu concordei em realizar outra, por conta dessa avaliação fraudulenta da OEA [Organização dos Estados Americanos] de que havia irregularidades na contagem dos votos." Também "pelo bem da Bolívia", Evo diz que não aceitou se candidatar à Presidência nas eleições do próximo dia 3 de maio. A lei que convocou novas eleições, porém, com base em um artigo da Constituição boliviana, proíbe a reeleição após dois mandatos para o mesmo cargo. A proibição para a disputa ao Senado seria uma ilegalidade, defende o ex-presidente. "Eles [o atual governo boliviano] têm medo de mim e medo da democracia. Não querem nem que eu retorne ao país." Sem apresentar evidências, ele afirmou que está convencido de que os EUA estão por trás das decisões da presidente interina, Jeanine Añez, e do tribunal eleitoral. "Os EUA não me deixam nem chegar perto da fronteira. Tentei realizar um ato lá, na fronteira entre a Bolívia e a Argentina, e não deixaram." Na quinta (19), a procuradoria boliviana abriu um processo criminal contra o ex-presidente e alguns de seus colaboradores mais próximos por fraude. Carlos Mesa, que disputou as eleições contra Evo, pediu na semana passada que a procuradoria ampliasse as investigações sobre suspeitas de crimes eleitorais cometidos por Evo, seu ex-vice-presidente, Álvaro García Linera, e os ex-ministros Juan Ramón Quintana, Héctor Arce e Carlos Romero.  Os crimes denunciados por ele são uso de documento falsificado e alteração e obstrução dos processos eleitorais, além de ocultação de resultados. A Justiça também investiga Evo por sedição e terrorismo. "Eu não fraudei nada, eles é que roubaram essa eleição", disse Evo em Buenos Aires. "Eu ganhei. E não há nenhuma garantia de que não vão roubar novamente no próximo dia 3 de maio." Durante a entrevista coletiva estava presente também o ex-juiz do Supremo Tribunal Federal Argentino, Raúl Zaffaroni, responsável pela defesa do líder indígena. Para impugnar a candidatura de Evo, o Supremo Tribunal Eleitoral alega que o ex-presidente não comprovou que reside de forma permanente no distrito do território boliviano que pretendia representar no Senado.  Zaffaroni afirmou que "Evo Morales não está fora da Bolívia por vontade própria". "Se ele ficasse na Bolívia, seria morto." Ao final, Evo, sem dar detalhes, levantou a possibilidade de contar com militares para reagir à decisão do tribunal. "Se não posso me candidatar, saibam que na Bolívia tenho contato com militares patriotas."

  • 'Malhação': Após visitar túmulo do pai, Rita desaparece misteriosamente
    Notícias
    Extra

    'Malhação': Após visitar túmulo do pai, Rita desaparece misteriosamente

    Rita (Alanis Guillen) vai desaparecer misteriosamente no episódio desta sexta-feira de ''Malhação:...

  • Bolsonaro diz que discutirá instalação de fábrica da Tesla no Brasil durante visita aos EUA
    Notícias
    Reuters

    Bolsonaro diz que discutirá instalação de fábrica da Tesla no Brasil durante visita aos EUA

    (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira que discutirá durante visita aos Estados Unidos que fará em março a possibilidade de a fabricante de veículos elétricos Tesla instalar uma fábrica no Brasil.Em publicação no Twitter, o presidente disse que as discussões sobre a vinda da montadora ao país fará parte de uma "extensa agenda" que terá durante a visita.

  • Notícias
    Folhapress

    Procuradores questionam intervenção de Aras na escola do Ministério Público

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) questiona no Supremo Tribunal Federal as mudanças no estatuto da Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) introduzidas pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, Aras ignorou normas internas e interrompeu os mandatos em exercício de 16 conselheiros e coordenadores da ESMPU. A interferência autoritária foi vista como uma tentativa de aparelhamento da escola que cuida da profissionalização de procuradores e servidores do Ministério Público da União. A Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental ajuizada pela ANPT foi distribuída ao ministro Gilmar Mendes. O novo diretor da ESPMU nomeado por Aras é o subprocurador-geral Paulo Gustavo Gonet Branco, ex-sócio de Gilmar Mendes no Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP). Entre outras atividades registradas no currículo Lattes, Gonet é professor e coordenador do mestrado acadêmico do IDP. Mendes é docente permanente do IDP. Mendes e Gonet são autores da obra “Curso de Direito Constitucional”. A ANPT sustenta que as medidas tomadas pelo procurador-geral violam o preceito fundamental da autonomia e da chefia republicana do Ministério Público da União (MPU). A entidade pede liminar para suspender os efeitos de duas portarias. A primeira portaria alterou dispositivos do estatuto da escola sem a participação do Conselho Administrativo, suprimindo a garantia de prazo determinado para os mandatos de conselheiros. A segunda exonerou toda a composição do Conselho Administrativo com mandato vigente e os coordenadores de ensino. Na ocasião das mudanças, a Procuradoria-Geral da República informou que as alterações no estatuto “são oportunas por acontecerem num contexto de troca de liderança”. “Com a posse do novo diretor e diretor-adjunto, optou-se pelo retorno à previsão legal original, na qual não há mandato para os integrantes da cúpula da escola.” Segundo a assessoria da PGR, a lei que criou a escola, em abril de 1998, determina que a instituição seja diretamente vinculada ao procurador-geral da República e não prevê mandatos para os coordenadores e conselheiros do órgão.

  • Carnaval de São Paulo terá chuva e queda de temperatura
    Notícias
    Folhapress

    Carnaval de São Paulo terá chuva e queda de temperatura

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Se você pretende curtir o Carnaval de São Paulo assistindo aos desfiles no sambódromo, indo aos blocos de rua ou pegando a estrada, prepare-se, pois vai ter chuva.  Segundo a Climatempo, há grande probabilidade de chuva na noite desta sexta-feira (21), durante a o desfile das escolas de samba do Grupo Especial na capital paulista. A precipitação será de fraca a moderada intensidade e deve se estender pela madrugada.  A segunda noite de desfiles, entre a noite de sábado e madrugada de domingo (23), também deve ter chuva fraca e a temperatura vai diminuir. Segundo Ernesto Alvim, meteorologista do Inmet ( Instituto Nacional de Meteorologia), o sábado não vai passar dos 21ºC na capital paulista e terá chuva fraca à tarde e à noite. Nos dias seguintes, a previsão é que a temperatura aumente, chegando aos 23ºC no domingo, 25ºC na segunda e 27ºC na terça-feira, sempre com previsão de chuva. Há previsão de temporais para segunda e terça-feira. As mínimas oscilam entre 17ºC e 18ºC.  Segundo o Inmet, as regiões de Ribeirão Preto e Franca, no interior, e o litoral norte receberão fortes chuvas nos dias de Carnaval. Já na Baixada Santista, as precipitações devem ser fracas.  "Quem vai viajar para o litoral e pretende pegar a estrada, deve estar atento porque já choveu muito no litoral paulista", informa a meteorologista Fabiana Weykamp. Ela explica que o solo já está encharcado na região e, com a previsão de mais chuva, há risco para deslizamentos.

  • Afeganistão inicia trégua antes do acordo entre EUA e Talibã
    Notícias
    AFP

    Afeganistão inicia trégua antes do acordo entre EUA e Talibã

    O Afeganistão deu início nesta sexta-feira (21), à meia-noite local, a uma trégua que deve durar a princípio uma semana, até quando os Estados Unidos se preparam para assinar um acordo com os talibãs, no dia 29 de fevereiro, um acordo histórico que pode abrir caminho para o término da guerra mais longa na qual os EUA estiveram.

  • Flamengo supera 100 mil ingressos vendidos na busca por dois títulos em cinco dias
    Notícias
    Extra

    Flamengo supera 100 mil ingressos vendidos na busca por dois títulos em cinco dias

    Após reformas, O Maracanã tem capacidade para 78 mil torcedores atualmente, mas a torcida do...

  • Bolsonaro indica pastor Tutuca e diretora de festival cristão para diretoria da Ancine
    Notícias
    Extra

    Bolsonaro indica pastor Tutuca e diretora de festival cristão para diretoria da Ancine

    O presidente Jair Bolsonaro enviou ao Senado, nesta sexta-feira, a indicação do pastor e colunista...