PM dá soco no rosto de mulher em academia em Goiânia

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A Polícia Militar abriu um processo administrativo disciplinar para apurar a conduta de um PM que deu um soco no rosto de uma mulher dentro de uma academia de Goiânia, nesta terça-feira (28).

O nome do policial não foi divulgado. Com isso, a reportagem não conseguiu localizar a defesa dele.

O episódio aconteceu em uma das unidades da rede de academias Bluefit, localizada no centro da capital.

Imagens de câmeras de segurança do estabelecimento registraram o momento da agressão.

Na gravação, é possível ver que a mulher está conversando com dois homens, quando o policial militar se aproxima e inicia uma discussão.

Em seguida, a jovem empurra o agente, que revida com um soco no rosto dela. Nesse momento, outras pessoas tentam intervir e o policial parte para cima de uma delas. Não se sabe o motivo do desentendimento.

A mulher agredida foi atendida ainda na academia e não chegou a ser encaminhada a um hospital.

A Bluefit disse, em nota, que não compactua com nenhuma atitude de agressão e que o homem não faz mais parte do quadro de alunos da academia. Afirmou ainda que prestou assistência à vítima tanto com primeiros socorros quanto com o registro do boletim de ocorrência.

De acordo com a PM, o policial estava de folga. "A PMGO [Polícia Militar de Goiás] determinou a instauração de um procedimento administrativo para fins de apurar as circunstâncias que envolveram o ocorrido, bem como adotou todas as providências cabíveis", diz a corporação em nota.

O caso é investigado como lesão corporal e injúria pela 1ª Delegacia Distrital da Polícia de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, o PM foi intimado a prestar esclarecimentos.

Já a vítima foi ouvida nesta terça, na central de flagrantes, e passou por exame de corpo de delito.