Policial é encontrado morto em carro na Baixada Fluminense

O policial militar Ricardo Santa Rosa Viegas foi encontrado morto na Baixada Fluminense.
O policial militar Ricardo Santa Rosa Viegas foi encontrado morto na Baixada Fluminense. (Foto: Reprodução/PM)

Um policial militar foi encontrado morto dentro de um veículo, na tarde de sábado (23), em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. O homem foi identificado como o sargento Ricardo Santa Rosa Viegas, de 45 anos. As informações são do portal G1.

Junto ao corpo foi encontrado a carteira de identificação policial do profissional, que era lotado no 21º Batalhão (São João de Meriti).

O carro apresentava várias marcas de tiros por arma de fogo e a placa era falsificada.

A ocorrência foi atendida por agentes do 39º Batalhão (Belford Roxo).

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) está responsável pela investigação do caso.

A área onde o crime ocorreu ficou isolada para que uma perícia fosse realizada no local. Os agentes da polícia também estão fazendo diligências na tentativa de recolher informações que levem aos autores do crime.

90% das mortes em ação policial são de pessoas negras

Segundo o relatório #PeleAlvo, da Rede de Observatórios, o Rio de Janeiro é o estado que possui o maior número de pessoas negras mortas, com 86%. Na capital, 90% das mortes em ação policial são de pessoas negras.

Intitulado 'Pele alvo: a cor da violência policial', o estudo que foi divulgado em dezembro do ano passado, cita alguns episódios que retratam a violência no estado, segundo a pesquisa. Um dos casos é a operação Exceptis, da Polícia Civil do Rio, na favela do Jacarezinho, que culminou em 28 mortos em maio de 2021.

O suicídio de policiais no Brasil cresceu 55% entre 2020 e 2021, passando de 65 mortes para 101. As informações estão disponíveis no Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2022.

Os dados compilados pelo FBSP (Fórum Brasileiro de Segurança Pública) tratam das polícias Civil e Militar. A Polícia Militar foi a que mais registrou suicídios no período, passando de 52 para 80, um aumento percentual de 54%. Já na Polícia Civil o aumento percentual foi mais expressivo, de 61,5%, passando de 13 para 21 mortos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos