PM é preso após balear namorada feita refém dentro do carro no Rio de Janeiro

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Policial fez namorada refém por cerca de duas horas e meia (Foto: Reprodução/Twitter)
Policial fez namorada refém por cerca de duas horas e meia (Foto: Reprodução/Twitter)

Um policial militar foi preso após balear a namorada feita refém dentro de um carro no estacionamento do do Centro Universitário de Valença, no Sul do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (27). O agente da polícia sequestrou a mulher e a manteve sobre a mira de um revólver por cerca de duas horas e meia antes de efetuar o disparo.

De acordo com o G1, o homem foi imobilizado logo após o disparo e a jovem foi levada às pressas para um hospital por uma ambulância do Samu com o estado de saúde dela “gravíssimo”, segundo um socorrista que a atuou no resgate. Ela é aluna do curso de pós-graduação da área de odontologia da própria universidade.

O sequestro começou por volta das 10h30. Segundo o jornal, equipes de segurança da instituição viram os dois discutindo dentro do carro e, quando perceberam que o homem estava armado, chamaram a polícia.

Leia também

De acordo com a universidade, o local tinha aulas acontecendo e, por esse motivo, os alunos e os colaboradores foram orientados a não saírem das salas de aulas e dos setores de trabalho durante a negociação entre os policiais e o sequestrador.

Ainda não há informações sobre a motivação do crime e os nomes do sequestrador e da vítima não foram divulgados.