PM faz operação em morros para prender ladrões de carros que agem na Zona Sul e na Tijuca

Policiais do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar fazem na manhã desta quinta-feira (9) uma operação em comunidades da Região Central do Rio para prender criminosos que roubam carros na Tijuca, na Zona Norte do Rio, e em bairros da Zona Sul. Além disso, os militares tentam cumprir mandados de prisão contra criminosos da região. Durante a operação, um agente foi baleado na mão e levado para o Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio.

Desde o final da madrugada desta quinta, agentes percorrem ruas dos morros do São Carlos, Querosene, Escondidinho e Prazeres. Segundo moradores, um intenso tiroteio acontece na região desde as 5h30. Não há relatos de outros feridos.

Um blindado do Comando de Polícia Pacificadora (CPP) subiu pela Rua Barão de Petrópolis em direção ao Morro dos Prazeres, que fica na mesma região.

— Estamos com policiais da (Unidade de Polícia Pacificadora) UPP Prazeres, 4º BPM (São Cristóvão) e do BAC (Batalhão de Ações com Cães) operando na comunidade São Carlos para impedir uma quadrilha que realiza roubos de veículos na Tijuca e na Zona Sul. Além disso, temos como objetivo cumprir mandados de prisão em aberto — disse o porta-voz da PM, o tenente-coronel Ivan Blaz.

Entre os alvos dos militares estão criminosos que tentaram roubar a moto do suboficial da Marinha Fábio Rafael de Lima Costa, de 41 anos, morto após ser baleado por assaltantes em abril quando estava próximo à entrada do Túnel Rebouças, no sentido Zona Sul. A vítima foi atingida por ao menos três tiros. Os envolvidos estão foragidos.

Segundo a PM, os bandidos que roubam carros, gostam de atuar em toda a Tijuca, no entorno do Elevado Paulo de Frontin, no Rio Comprido, dentro do Túnel Rebouças e no entorno da Lagoa Rodrigo de Freitas.

De acordo com o Centro de Operações Rio (COR), não há registro de ruas da região afetadas pela operação até o momento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos