PM inaugura novas instalações para treinar tropas especiais na Maré

·3 min de leitura

Encravado no Complexo da Maré, mais precisamente em Ramos, na Zona Norte do Rio, a sede do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar cresceu. A partir desta segunda-feira serão inaugurados quatro estandes de treinamento de tiro tático. Essas instalações, junto com uma torre de 10 metros para treinamento de rapel, além de uma piscina semiolímpica, pista de pentatlo militar, além de outros equipamentos, irão formar o Complexo de Treinamento de Tropas da corporação. Segundo o secretário de Polícia Militar, Luiz Henrique Marinho Pires, com uma área de 200 mil metros quadrados, será a maior unidade do tipo no país.

— Vamos dar mais qualidade ao treinamento dos policiais. Não serão apenas os integrantes de tropas especiais que irão ter a oportunidade de treinar lá. Se hoje o centro tem capacidade para 500 (agentes), quando todos os equipamentos estiverem instalados, serão 2 mil fazendo cursos ao mesmo tempo. Além disso, aumentamos o número de policiais circulando pela região. A nossa presença é importante em todos os locais — disse o secretário, referindo-se ao Complexo da Maré, onde há inclusive o 22º BPM (Maré), cujo acesso é pela Linha Vermelha.

De mudança para o complexo, o Batalhão de Ações com Cães (BAC) e o Grupamento Aeromóvel (GAM), unidades subordinadas ao COE, vão ficar próximos à Baía de Guanabara e à Avenida Brasil, o que facilitará nos deslocamentos da tropa. Antes do Comando de Operações Especiais ir para lá, o local abrigava, até 2010, o 24º Batalhão de Infantaria Blindada do Exército Brasileiro. A Polícia Militar incorporou a área, onde funciona a sede definitiva do Centro de Instrução Especializada e Pesquisa Policial (CIEsPP) e a base provisória do COE.

Serão três estantes de tiro — dois com 25 metros e um com 100 metros — e uma casa de tiro modular para treinamento em espaço confinado. A casa de tiros, que poderá ter de dois a dez cômodos, contará também com a torre de rapel. Esses quatro equipamentos representaram um investimento de R$ 15,3 milhões do orçamento da secretaria. Os novos quartéis do BAC e do GAM sairão a um custo de R$ 25 milhões. Além do coronel Henrique, o governador do Rio, Cláudio Castro, também estará presente na inauguração desses estandes.

Há dois meses, o Complexo de Treinamento de Tropas iniciou um novo curso: o de progressão em locais com baixa luminosidade.

— O curso começa às 18h e termina às 2h da manhã. É importante que possamos ensiná-los a patrulhar em locais com pouca luz, trazendo técnicas que os prepare para situações mais comuns dos nosso dia a dia. Só treinamento faz com que eles protejam a população e a si próprios — explicou o coronel Henrique.

Estão previstos ainda: uma nova torre para instruções de sniper com duas salas de aula; ginásio desportivo, com pista de corrida; previsão de novas instalações para a divisão de saúde operacional; núcleo de apoio às operações especiais, com um cais para pequenas embarcações; infraestrutura hidráulica, elétrica, sanitária, pavimentação e urbanização de toda a área do Complexo Comando de Especiais; e posto de abastecimento de combustível, projeto em parceria da PM com a BR Distribuidora.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos