PM indiano diz a Putin que a "era atual não é de guerra"

Narendra Modi disse ao presidente russo que "a era atual não é de guerra", com os alimentos, fertilizantes e combustíveis à cabeça das preocupações mundiais neste momento.

O primeiro-ministro da Índia reuniu-se com Vladimir Putin, esta sexta-feira, à margem da cimeira da Organização para a Cooperação de Xangai, que decorreu em Samarcanda, no Uzbequistão.

Putin disse conhecer a posição da Índia "em relação ao conflito na Ucrânia e as suas preocupações." Acrescentou: "queremos todos que isto acabe o quanto antes."

Já o primeiro-ministro indiano sublinhou: "a era atual não é de guerra. E falámos muitas vezes ao telefone sobre isso. A democracia, a diplomacia e o diálogo mantém o mundo unido."

Esta sexta-feira Putin também teve um encontro bilateral com o homólogo turco. De Recep Tayyip Erdoğanouviu um mantra várias vezes repetido: é preciso por fim à guerra o mais rápido possível, através da diplomacia.

O presidente turco tem tentado convencer Putin a negociar um cessar-fogo direto com presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, na Turquia.