PM isola Esplanada dos Ministérios com receio de protesto de caminhoneiros após derrota de Bolsonaro

A Polícia Militar do Distrito Federal fechou o acesso de veículos a trechos da Esplanada dos Ministérios nesta segunda-feira com receio da chegada de caminhoneiros para se manifestar contra a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como presidente. De acordo com a corporação foram interditados o entorno do Congresso Nacional, do Supremo Tribunal Federal e de parte da via L4.

"A Esplanada foi isolada preventivamente pra evitar que caminhões invadam a região. A ideia é proteger os órgãos públicos e manter a ordem", diz nota da PM-DF.

Segundo a PM, houve uma informação de que alguns caminhoneiros estariam a caminho de Brasília e que, nesta tarde, já estaria chegando ao Distrito Federal.

Desde o anúncio da vitória de Lula sobre o atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), na noite de domingo, houve registro de protestos feitos por caminhoneiros contra o resultado das urnas. Na manhã desta segunda-feira, pelo menos 12 estados registraram pontos de bloqueio.