PM monta esquema especial de patrulhamento no feriadão, com mais de 20 mil agentes no estado

Extra
·2 minuto de leitura

A Polícia Militar montou um mega esquema de segurança para os quatro dias que cariocas e fluminenses terão de descanso. Planejado pela Subsecretaria de Gestão Operacional da corporação, o plano prevê reforço no policiamento na orla da capital e em todas as cidades fluminenses, além das rodovias, vias expressas e corredores viários urbanos. Serão mais de 20 mil agentes envolvidos no esquema.

Apesar da recomendação das autoridades sanitárias para que a população evite aglomerações, a PM garante que reforçará também o patrulhamento no entorno de todos os cemitérios do estado, no domingo e na segunda, Dia de Finados.

De acordo com a corporação, tanto nas áreas próximas aos cemitérios como na orla, o foco da Polícia Militar será na segurança pública, atuando em apoio aos órgãos de ordenamento urbano das prefeituras.

No entanto, o planejamento especial para o feriado prolongado entra em operação já a partir de amanhã (30/10), ponto facultativo no estado em função do “Dia do Servidor Público”, data comemorada oficialmente em todo o país no dia 28 de outubro.

A porta-voz da Polícia Militar, tenente-coronel Gabryela Reis Dantas, lembra que este feriadão ocorrerá durante um período de restrições impostas pela crise sanitária provocada pelo Covid-19. Mas que, mesmo assim, a população que decidir curtir o feriado nas praias e principais pontos turísticos do Rio, verão uma segurança reforçadas

— Nós estaremos nas praias, nas rodovias, nos pontos turísticos, para garantir o direito de ir e vir de todos — garante a porta-voz da PM.

Além do reforço em toda a orla do Rio, os aeroportos Santos Dumont, no Centro do Rio, e o do Galeão, na Ilha do Governador, terão segurança reforçada.

O plano prevê ainda apoio de policiais militares do (Grupamento Especial Tático em Motopatrulhamento (Getem), do Rondas Especiais e Controle de Multidões (Recom) e do Regimento de Polícia Montada. Nas demais cidades litorâneas e nos municípios da Região Serrana, onde há procura por cachoeiras, o planejamento especial foi montado pelos comandos locais.

Na Região Metropolitana e no interior do estado, estão mantidos os programas Percurso Seguro, que prevê reforço de policiamento nas vias expressas e corredores urbanos com maior fluxo de trânsito, e Viagem Segura, concebido para oferecer mais segurança nas rodovias estaduais e federais, estas em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Nos centros urbanos, haverá reforço nos terminais de modais de transporte público (rodoviárias, portos e aeroportos), áreas que contarão também com o apoio de tropas especializadas.

O policiamento nas rodovias estaduais estará sob a coordenação do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), que contará com um reforço no efetivo de quase 30% relação aos fins de semana. Como aconteceu no último feriadão de Nossa Senhora de Aparecida, os policiais militares do BPRv trabalharão em apoio também às equipes do programa Lei Seca, que voltaram a fazer fiscalização em rodovias depois de uma longa pausa em função da pandemia do Covid-19.