PM do Paraná retira golpistas que despejaram caminhão de terra na entrada de refinaria

A Polícia Militar do Paraná desfez, na madrugada desta segunda-feira, um bloqueio que golpistas tentaram causar na entrada da Refinaria Getúlio Vargas (Repar), em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. Circulam imagens nas redes sociais do ato. É possível ver que os autores despejaram um caminhão de terra para impedir o funcionamento do transporte de combustível.

Ataques à democracia: Como os terroristas que invadiram Planalto, STF e Congresso serão identificados pela PF

São Paulo: Golpistas ateiam fogo em trecho da Marginal Tietê, e PM desbloqueia via

Em nota, a Petrobras informou que suas refinarias "estão operando normalmente".

"A Petrobras está tomando todas as medidas preventivas de proteção necessárias, conforme procedimento padrão", acrescentou.

Ato de bolsonaristas no Paraná ocorreu pouco após terroristas invadirem e depredarem as sedes do Palácio do Planalto, do Congresso e do Supremo Tribunal Federal em Brasília neste domingo.

Nomeado como interventor federal no Distrito Federal, Ricardo Cappelli reforçou, na manhã desta segunda-feira, que os responsáveis pelos atos de vandalismo "seguirão sendo identificados e punidos".

"Já estamos em campo novamente. Os criminosos seguirão sendo identificados e punidos. Não permitiremos a continuidade de concentrações que funcionem como incubadoras de planos contra o Estado Democrático de Direito", afirmou Cappelli em postagem no Twitter.