PM reforça policiamento após tiroteio com três mortes em morro do Rio

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O policiamento no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte do Rio, está reforçado após o tiroteio da madrugada deste domingo (2). Além dos policiais da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Macacos, o reforço conta com agentes de outras unidades, do Batalhão da Tijuca, bairro próximo, e do Batalhão de Choque. As informações são da Agência Brasil.

A Polícia Civil do Rio informou que as investigações sobre o caso estão sob a responsabilidade da Delegacia de Homicídios da Capital e confirmou que três pessoas morreram em decorrência do tiroteio. A identidade delas não foi divulgada.

De acordo com a Polícia Militar, o confronto continuou porque criminosos atacaram equipes policiais em alguns pontos da comunidade. Um policial foi ferido por estilhaços. Levado para o Hospital Federal do Andaraí, na zona norte do Rio, foi medicado e liberado em seguida.

BAILE FUNK

A PM acrescentou ainda que, após buscas em hospitais da região, foram localizados três baleados no Hospital do Andaraí e um quarto ferido no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, também zona norte.

Segundo o comando da UPP Macacos, ao vistoriarem a localidade conhecida como Beco do Amor, depois de denúncia que indicava a realização de um baile funk não autorizado, foram recebidos a tiros por criminosos armados. Ainda conforme a UPP, houve confronto e os policiais apreenderam dois fuzis no local.