PM do Rio de Janeiro recebe coletes e armas não letais

·1 min de leitura

A Polícia Militar do Rio de Janeiro recebeu hoje (27) um reforço de 4.360 coletes balísticos e 215 dispositivos eletro incapacitantes. A arma é usada com o objetivo de paralisar a pessoa, sem causar dano. O dardo da pistola pode alcançar uma distância de até 6 metros. A descarga do dispositivo no corpo da pessoa é considerada baixa.

Os novos equipamentos serão usados pela tropa em ações de segurança pública com a finalidade de reduzir a vitimização policial.

O secretário da Polícia Militar, coronel Luiz Henrique Marinho Pires, disse que as emendas parlamentares da bancada federal do Rio de Janeiro destinadas a recursos para a corporação vão beneficiar toda a sociedade. “Os 4.360 coletes fazem parte de um conjunto de 20 mil desses equipamentos de proteção individual adquiridos pela PM por meio de outras fontes de recursos”.

O secretário disse ainda que o foco é disponibilizar para os policiais dignidade e melhores condições de trabalho, e para a população, mais segurança e qualidade na prestação do serviço.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos