PM vai fazer operação 'dentro do conceito de exclusividade' na Praça Seca, após guerra entre traficantes e milicianos, diz Fliess

Extra
·1 minuto de leitura

A guerra entre traficantes e milicianos na madrugada desta quarta-feira, na Praça Seca, Zona Oeste do Rio, não contou com uma operação da Polícia Militar. Em cumprimento de uma determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), a corporação só realiza operações apenas em casos excepcionais. O porta-voz da Polícia Militar, coronel Mauro Fliess, afirmou que, dentro do conceito de exclusividade, está montando uma ação para ocupar a comunidade

“Tão logo tomamos conhecimento desse confronto entre grupos criminosos, houve um reforço [do patrulhamento] ainda durante a madrugada na área que cerca essas comunidades. Enquanto isso, há dados de inteligência e um planejamento meticuloso por conta da periculosidade da área, do grande número de pessoas armadas e dessa proximidade de área de mata. Então, estamos montando uma operação dentro desse conceito de exclusividade para ocupar esse local”, disse Fliess em entrevista ao "Bom Dia Rio", da TV Globo.